"A responsabilidade pelo conteúdo da reunião é do ministro Celso de Mello", afirma Bolsonaro

O ministro do STF autorizou nesta sexta (22), a divulgação da reunião ministerial

[

FOTO: Reprodução CNN

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) afirmou na noite desta sexta-feira (22), na entrada no Palácio da Alvorada, que a responsabilidade do conteúdo da reunião ministerial ocorrida no dia 22 de abril, é de responsabilidade do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello.

"Foram momentos difíceis, nós classificamos o vídeo como secreto. E daí o Celso de Mello pediu que o vídeo fosse levado até ele. Sempre acreditei na independência dos três poderes e pedimos que fosse divulgado só a parte do inquérito e o ministro resolveu suspender o grau de sigilo da reunião. A responsabilidade pelo conteúdo da reunião é do ministro Celso de Mello, nenhum ministro meu tem responsabilidade no que foi falado", disse o presidente. 

Bolsonaro voltou a reafirmar que não interferiu na Polícia Federal e que o vídeo da reunião mostra isso. "Qual parte do vídeo tem prova minha que tentar interferir na PF? Zero, não tem nada. Sequer um tiro de festim. Lamento seu Sergio Moro... é lamentável um homem  que tinha tudo para servir sua pátria", completou.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Ex-primeira dama do Brasil vive affair com advogado que tenta ajudá-la a receber pensões atrasadas]

Por mês, a ex-primeira-dama deveria receber o valor aproximado de R$ 31 mil, referente à pensão alimentícia.

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!