Vídeo: "Brasil tem um Jim Jones na presidência da República", diz relator da CPI da Covid

Declaração foi dada pelo senador na manhã desta sexta-feira (11)

[Vídeo:

FOTO: Agência Senado

O senador e relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, disse durante a sessão que o Brasil tem "um Jim Jones na presidência da República". "Nós temos um Jim Jones na presidência da República. A diferença é que o americano induziu o suicídio e o que está na presidência da República do Brasil, ele induz a continuidade dessa tragédia e desse morticínio". 
 
James Warren "Jim" Jones, a quem o senador se referiu, foi um pregador religioso, ativista, fundador e líder da seita Templo dos Povos, famoso devido ao suicídio/assassinato em massa em novembro de 1978 de 918 dos seus membros em Jonestown, na Guiana, além do assassinato do congressista Leo Ryan e de quatro mortes adicionais em Georgetown, capital guianense. Quase 300 crianças foram assassinadas em Jonestown, envenenadas por ingestão de cianeto. Jones morreu de um ferimento de bala na cabeça. A suspeita é de que ele tenha se matado. 

Renan também citou a declaração de Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (10), sobre o uso de máscaras, falou sobre o desdenho do presidente sobre a eficácia da vacina contra a covid-19.

Confira mais no vídeo abaixo:


Comentários