Covid-19: brasileiros confiam menos em vacina chinesa, aponta pesquisa

Reijeição também é registrada pela de origem russa, com 38%

[Covid-19: brasileiros confiam menos em vacina chinesa, aponta pesquisa]

FOTO: Reprodução

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Realtime Big Data, encomendada pela CNN Brasil, apontou que a vacina contra o novo coronavírus da China tem rejeição de 46% dos brasileiros. Eles afirmaram que não tomariam uma vacina contra a Covid-19 do país oriental, onde surgiu os primeiros casos da doença.

O imunizante chinês teve maior rejeição do que de origem russa, rejeitada por 38% dos entrevistados, de Oxford, Reino Unido, ou dos Estados Unidos e Alemanha, ambos com rejeição de 22%. O Brasil já registrou 5,1 milhões de casos da doença e mais de 150 mil mortes.  

A pesquisa contou com mil pessoas que foram entrevistadas por telefone nos dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de três pontos (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%. Isto significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95.


Comentários