CPI da Prevent Senior ouve coordenador da Covisa sobre subnotificação da Covid-19

Luiz Artur Vieira Caldeira depõe nesta quinta-feira (14), às 10h, no plenário da Câmara Municipal de SP

[CPI da Prevent Senior ouve coordenador da Covisa sobre subnotificação da Covid-19]

FOTO: Reprodução / AFONSO BRAGA/REDE CÂMARA

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Prevent Senior na Câmara Municipal de São Paulo será retomada, nesta quinta-feira (14), com o depoimento de Luiz Artur Vieira Caldeira, coordenador da Covisa (Vigilância Sanitária), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.

Ele será ouvido pelos vereadores em uma reunião presencial marcada para às 10 horas, no Plenário 1º de Maio.

O colegiado quer apurar a denúncia de que houve subnotificação do número de casos de contaminação e de óbitos por Covid-19 por parte da Prevent Senior. A suspeita é de que, para diminuir a quantidade de registros, a operadora de saúde teria modificado o prontuário de pacientes com a doença.

A investigação também pretende apurar se houve alteração nos atestados de óbitos em casos de morte de paciente por Covid-19.

Vai depor ainda, Carlos Roberto Candella, supervisor-geral do DEUSO (Departamento de Uso e Ocupação do Solo), da Secretaria das Subprefeituras. Ele vai prestar esclarecimentos sobre a inexistência de alvarás de funcionamento em sete unidades hospitalares da Prevent Senior na cidade de São Paulo.

Integrantes da CPI

- Vereador Antonio Donato (PT), presidente da CPI;

- Celso Giannazi (PSOL);

- Milton Ferreira (Podemos);

- Paulo Frange (PTB); e

- Xexéu Tripoli (PSDB).
 


Comentários