Elon Musk pode investir em fábrica de chips no Brasil

Multimilionário trata assunto com o ministro das Comunicações, Fábio Faria

[Elon Musk pode investir em fábrica de chips no Brasil ]

FOTO: Reprodução/Twitter

A pandemia do novo coronavírus aumentou o descompasso entre produção e demanda de chips e semicondutores. Com o objetivo de sanar a escassez desses insumos que são cada vez mais essenciais para o mundo, o multimilionário Elon Musk afirmou na última segunda-feira (15), durante encontro com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, que pretende investir em uma fábrica de semicondutores. Caso isso ocorra, o Brasil será um dos países postulantes ao aporte. 

A possibilidade levantada por Musk surgiu após Faria propor a inauguração de uma fábrica da montadora de carros elétricos Tesla no Brasil e mencionar que também tem o interesse de voltar a fazer do Brasil um país relevante na produção de semicondutores, algo que acontecia até a década de 1980. 

“Eu o convidei para abrir uma fábrica de semicondutores aqui. Ele me disse que não fazia parte do core business investir em uma fábrica de semicondutores, afinal, ele gosta de investir apenas em tecnologias que ainda não existem, mas reconheceu que precisa de semicondutores para tudo. Um carro da Tesla, por exemplo, precisa de 10 mil peças”, disse Faria. Como resposta, o ministro ouviu de Musk que está no radar a abertura de uma fábrica para microchips. 

Constituídos de silício ou germânio, o emprego dos microchips na indústria é fundamental por possuírem a condutividade elétrica necessária entre isolantes e condutores, algo crucial, por exemplo, para o funcionamento hoje de computadores, telefones celulares e automóveis. Em fevereiro deste ano, por exemplo, a ausência de microchips fez com que a produção do veículo Tesla Model 3 fosse paralisada na fábrica da montadora em Fremont, na Califórnia.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!