Em live, Bolsonaro volta a defender alvos de operação da PF contra fake news

Segundo o presidente, envolvidos 'são pessoas de bem'

[Em live, Bolsonaro volta a defender alvos de operação da PF contra fake news]

FOTO: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender nesta quinta-feira (28), os apoiadores e empresários que foram alvo da operação da Polícia Federal realizada ontem (27), que investiga indícios de um esquema de propagação de fake news.

"Sou casado, tenho uma enteada de 17 anos, uma menina de nove anos, imagine se eu fosse um capitão da reserva e tivesse uma atividade bastante assídua nas redes sociais e, de repente, me entra em casa a PF, às 6h da manhã, cumprindo determinação judicial para fazer busca e apreensão. Lamentável, são pessoas de bem, pais de família, desconheço entre eles qualquer pessoa que tem uma vida pregressa que os comprometa em algum momento. Todos eles, pelo que tomei conhecimento, não é que apoiam o Jair Bolsonaro 'herói', apoiam a linha que a gente tem", disse Bolsonaro, durante live no Facebook.

Ainda durante a live, que teve a participação de Pedro Guimarães, presidente da Caixa, e de Jorge Seif Júnior, secretário de Pesca, o presidente deixou claro que não pode entrar em detalhes sobre a operação.

"Tem coisa que não podemos entrar em detalhes. Hoje conversei com autoridades do Poder Judiciário, do Legislativo, na semana conversei com outras 29 pessoas. A maioria delas sofreu busca e apreensão hoje pela manhã. Eu me coloco no lugar da pessoa", concluiu.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Sandy estará na trilha sonora brasileira do live action de 'Mulan']

Não é a primeira vez que Sandy participa da trilha sonora do filme. No longa de 1998, a cantora e seu irmão deram voz a duas músicas da produção

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!