Feira Literária Internacional de Praia do Forte traz programação para toda a família!

Aos detalhes...

[Feira Literária Internacional de Praia do Forte traz programação para toda a família!  ]

FOTO: Divulgação Assessoria

Um misto de alegria, animação e muita emoção marcou a abertura da Feira Literária de Praia do Forte- FLIPF, no Espaço Baleia Jubarte. Um grande público foi contemplar a solenidade festiva realizada na noite de quinta-feira (04). O ponto alto da festividade foi a apresentação cultural da comunidade de Praia do Forte com o grupo “Os Paparutos”, um resgate das Comédias de Dona Edith. A importância da apresentação foi ressaltada pelos organizadores do evento, já que há 16 anos a comunidade de mulheres vestidas de baianas não realizava uma apresentação.

A noite contou ainda com o encontro dos renomados escritores Antônio Torres e Itamar Vieira. Mediada por Luciany Aparecida, a primeira Mesa| Essa Terra, foi rica e interessante com leitura de textos e poesias de escritores baianos por Rita Santana. Antônio Torres e Itamar Vieira reforçaram com profundidade a importância da literatura brasileira, como ambos encontraram a escrita, a rotina de escrever e a criação de personagens. O destaque da mesa da noite foi o reconhecimento do veterano Antônio Torres à, importância de Itamar Vieira para o resgate do leitor para literatura brasileira. O encerramento foi comandado pela jovem e premiada pianista Amanda Smetak.

Totalmente gratuito, o evento conta com programação para o público infantil, debates, oficinas, contações de histórias, intervenções artísticas e muito mais. As atividades são realizadas, simultaneamente nos dois espaços, Garcia D’ávila e Espaço Baleia Jubarte, com transporte à disposição do público entre os dois locais. A programação diurna se estende até a 16h e teve como destaque, pela manhã, a apresentação dos Estudantes das escolas públicas da Praia do Forte e Açuzinho e a Mesa 2 - Bahia Moderna Bahia,

Com grande expectativa e mediação da  jornalista, Josélia Aguiar, a Mesa 2 abordou a criação e pesquisa, da vanguarda ao popular. Primeira de duas mesas que irão tratar da cena cultural moderna na Bahia, e reuniu Lia Robatto, uma pioneira da dança e testemunha daquela geração,; Kátia Borges, poeta, cronista e jornalista cultural que realizou um doutorado sobre o tema, e Francesco Perrotta-Bosch, biógrafo da arquiteta Lina Bo Bardi, idealizadora, entre outros, do MAM baiano.

Além de muitas opções para o público infanto-juvenil, destaque para a Mesa 3, “Lute como uma garota”, com as autoras Giovana Madalosso, Roberta Estrela D`Alva, Milena Britto, e a Mesa 4, “Do amor e outros demônios”, com Ariana Harwicz, Socorro Acioli, Franklin Carvalho.

Na Mesa 3, o ativismo, criação artística, literatura escrita por mulheres e intervenção cultural serão os principais eixos dessa conversa, que trará a romancista Giovana Madalosso - uma das líderes do movimento recente que produziu fotos históricas de autoras brasileiras em várias capitais -, a atriz, poeta e pesquisadora Roberta Estrela D'Alva, pioneira à frente de campeonatos de slam nacionais, e a professora, pesquisadora e editora Milena Britto, uma das curadoras da FLIP 2022, e tem transmissão ao vivo no instagram do evento @flipf.

Com mediação do jornalista Schneider Carpeggiani, a Mesa 4 vai inspirar, como se cria. Nessa conversa sobre a literatura que nasce do que há de inesperado, estranho e perturbador na vida das pessoas mais comuns, haverá três romancistas de origens diferentes: Ariana Harwicz, da Argentina, Socorro Acioli, do Ceará, e Franklin Carvalho, da Bahia.

Ao longo da tarde, quem estiver na Praia do Forte ou Linha Verde, poderá se programar para deliciosos encontros literários, de acordo com horários que seguem:

13h30

•             Mesa 3 /Lute como uma garota

Giovana Madalosso, Roberta Estrela D`Alva, Milena Britto

14h30

•             Ninho FLIPF: Contação de História

Irmandade da Palavra (Cachoeira-BA)

15h

•             Multiverso: Sarau das Escolas

Convidado: Estudantes das escolas públicas da Praia do Forte e Açuzinho

15h30

•             Ninho FLIPF: Espetáculo musical com o grupo PUMM

Convidado: PUMM- Por Um Mundo Melhor

16h

•             Mesa 4: Do amor e outros demônios

Ariana Harwicz, Socorro Acioli, Franklin Carvalho

•             Multiverso:Oficina Criativa do fazer Poético

Convidado:Anderson Shon

16h30

 

•             Ninho FLIPF: Contação de histórias “Essa toalha tem estória”

Convidados(as): Sálua Chequer e Igor Reis

 

Encerramento

A 3º FLIPF têm encerramento no domingo (07), e o público ainda pode aproveitar nos dois próximos dias atrações como: Aldri Anunciação, Ondjaki e Christian Dunker. Naine Terena, Ró de Nuca, Denizia Kawany Fulkaxó, Ayrson Heraclito, Capinan, Everlane  Moraes, entre outros. Além das atividades como: Ninho Flipf (Infantil), Multiverso Flipf (Jovem), Feira e palco Rede de Livros (Editoras e autores(as) baianos), Memórias e Rituais Gráficos (Artes Gráficas) e Vila Gastronômica. Para que o público tenha acesso a todas as atividades, a organização do evento disponibilizará transporte gratuito entre os dois espaços - Espaço Baleia Jubarte e Castelo Garcia D'avila.

 

O projeto tem patrocínio do Hiperideal e do Estado da Bahia, por meio do Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural (Fazcultura), Bahiatursa e Bahiagás, com a realização da Trevo Produções e da Gabiroba Cultural. Conta também com o apoio da Fundação Garcia D'Ávila, Projeto Baleia Jubarte, Prefeitura de Mata de São João e da Turisforte.


Comentários