Governo publica decreto nesta sexta-feira (17) que eleva IOF para custear o Auxílio Brasil

A decisão do governo, divulgada na noite de ontem, é para o financiamento da reformulação do Bolsa Família

[Governo publica decreto nesta sexta-feira (17) que eleva IOF para custear o Auxílio Brasil]

FOTO: Joel santana Joelfotos/Pixabay

O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta quinta-feira (16) ele temporariamente as alíquotas do IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários) e foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (17). 

A decisão do governo, divulgada na noite de ontem, deve ajudar a financiar a reformulação do Bolsa Família, que passará a se chamar Auxílio Brasil. Apesar de encarecer o crédito, a elevação do IOF deve render aos cofres públicos R$ 2,14 bilhões, segundo o Executivo.

Para empresas, a alíquota vai subir de 0,0041% (ou 1,5% por ano) para 0,00559% (2,04% no ano). No caso de pessoas físicas, vai passar de 0,0082% (3% ao ano) para 0,01118% (4 08% ao ano).

Por se tratar de decreto, as mudanças do IOF não dependem de aprovação do Legislativo. Segundo o governo, porém, ainda depende de regulamentação. A nova regra começa a valer em 20 de setembro e vai até 31 de dezembro de 2021.


Comentários