Idosa dada como morta 'acorda' durante o próprio velório em Mato Grosso

Parente de Carolina Lopes percebeu que ela estava com a temperatura corporal mais alta que o comum

[Idosa dada como morta 'acorda' durante o próprio velório em Mato Grosso]

FOTO: Reprodução

A família de Carolina Lopes de Almeida, de 93 anos, foi pega de surpresa durante o velório da idosa no interior do Mato Grosso, em Guiratinga. Um dos parentes notou que dona Caluzinha, como é conhecida, estava com a temperatura corporal mais alta que o comum.

Após chamar um médico ao local, a idosa foi encaminhada ao Hospital Municipal Oswaldo Cruz. Mas, apesar de tudo, em seguida, foi novamente dada como morte pela unidade de saúde e, finalmente sepultada no domingo (9).

A história foi compartilhada pelo perfil do comediante Ataíde Arco Verde, que mora na cidade. “Oito horas depois do velório rolando, dona Caluzinha está quente. Aí alguém olha para dona Caluzinha, eis que ela abre o olho e dá uma piscada. Bom, nem preciso falar para vocês, a metade correu do velório e a metade correu para ver se dona Caluzinha estava mesmo viva”, contou.

De acordo com o site Repórter MT, uma equipe médica chegou a fazer manobras de ressuscitação no corpo, mas não conseguiram fazer com que ela recobrasse a consciência. Por volta das 19h, outros profissionais de saúde do hospital constataram o óbito, mas não esclareceram as possíveis causas da confusão.

A idosa convivia com o mal de Alzheimer há cerca de 20 anos e tinha a saúde debilitada, mas, segundo a família, ela era muito querida pela família e pela comunidade.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!