No mês da mulher, projeto Sobejo realiza espetáculo ao vivo e circuito de lives

Espetáculo tem como objetivo chamar atenção para violência contra a mulher

[No mês da mulher, projeto Sobejo realiza espetáculo ao vivo e circuito de lives]

FOTO: Divulgação | Sidney Rochart

Em março, mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, o projeto "SOBEJO - Porque ainda é preciso gritar" apresenta um espetáculo virtual que chama atenção para os tipos de violência contra a mulher e as formas de combater esses crimes. 

Idealizado pela atriz e produtora Eddy Veríssimo, a peça narra a história de Georgina Serrat, uma mulher que vê sua saúde mental, felicidade e sonhos destruídos quando descobre no casamento a face violenta do marido. A direção é de Luiz Buranga.

A importância do espetáculo também se dá diante do cenário de pandemia, período em que os casos de violência doméstica aumentaram em mais de 50%, segundo apontam dados do Ministério da Família, Mulher e Direitos Humanos.

No projeto também está incluso um circuito de lives com especialistas que atuam no combate ao feminicídio na capital baiana, como representantes da Ronda Maria da Penha, do Conjunto Penal Feminino de Salvador, da da Secretaria de Política para Mulheres (SPM) entre outras.

As apresentações acontecem a partir do dia 8 de março até o dia 6 de abril, sempre às 19h. Os ingressos custam R$10 (meia) e R$20 (inteira) e podem ser adquiridos através deste site ou através da plataforma online do Teatro Gamboa Nova, onde as apresentações serão transmitidas. Mais informações podem ser conferidas no @sobejo.espetaculo.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!