"Por mim não teria Carnaval", diz Bolsonaro

O presidente lembrou que em 2020 a gestão decretou estado de emergência antes do Carnaval, por conta da Covid-19

[

FOTO: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro se posicionou contra a realização do Carnaval de Salvador em 2022. Segundo o chefe do Executivo federal, a decisão, no entanto, cabe somente aos governadores e prefeitos. Bolsonaro lembrou ainda que em 2020 a gestão decretou estado de emergência antes do Carnaval, por conta da Covid-19, mas o decreto foi ignorado pelos gestores.

"Por mim não teria mas quem decide não sou eu, segundo o Supremo Tribunal Federal (STF) quem decide são os governadores. No ano passado, quando ainda estava engatinhando a pandemia, eu decretei emergência. Os governadores ignoraram e fizeram o Carnaval. As consequências vieram, chegamos a 600 mil mortos e quiseram jogar a responsabilidade em mim. Quando na verdade todo o combate a pandemia coube aos prefeitos e governadores, a mim coube mandar recurso", pontuou.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!