Quase um turno na zona de rebaixamento, Vitória tenta voltar a vencer fora diante do Sampaio

Rubro-Negro tem um dos piores desempenhos como visitante na Série B

[Quase um turno na zona de rebaixamento, Vitória tenta voltar a vencer fora diante do Sampaio]

14 rodadas, quase um turno inteiro ocupando a zona de rebaixamento. Esse é o drama do Vitória na Série B. O Rubro-Negro se vê em situação cada vez mais complicada de escapar da queda para a terceira divisão. O time no momento é o 18° colocado, com 26 pontos, seis a menos que o Brusque, primeira equipe fora do Z-4.  A situação pode piorar, afinal os baianos podem até terminar na vice-lanterna, caso percam nesta terça-feira (12), para o Sampaio Corrêa, no estádio do Castelão, em São Luís, no Maranhão, pela 30ª rodada da segundona.

Se tivesse ao menos empatado com o Confiança na rodada passada, o Vitória não corria risco de virar vice-lanterna. Como venceu o último duelo, os sergipanos estão um ponto atrás do Leão. O Confiança receberá o Avaí, também nesta terça, às 21h, no estádio Batistão, em Sergipe.

O Vitória não sabe o que é vencer há sete partidas e irá medir forças com um time que tem chances remotas de acesso. O Sampaio é o 10º colocado, com 40 pontos e vem embalado após bater o Vasco, em casa, por 1 a 0, na última rodada.

Pior do que não conseguir vencer, é não comemorar três pontos longe de Salvador, o que não acontece desde a 22ª rodada, quando bateu o Operário, por 1 a 0, no dia 22 de setembro. No desempenho geral, foram seis derrotas, seis empates e um único triunfo, justamente diante do time paranaense. O mal desempenho põe o time como terceiro pior visitante da Série B, com 23,8% de aproveitamento, a frente da Ponte Preta, e do lanterna Brasil de Pelotas.

Escalaçãodaúltimapartidadevesermantida

O técnico Wagner Lopes não deve promover alterações na equipe que foi derrotada pelo Confiança na rodada passada. Ainda se recuperando de lesão, Fernando Neto segue fora da equipe. Mesma situação vivida pelo volante Pablo Siles, só que este já está negociado com o Athletico-PR e não deve mais vestir a camisa do Rubro-Negro baiano.

AprovávelescalaçãodoVitóriaparaapartidadelogomaisdeveseraseguinte:

Lucas Arcanjo, Raul Prata, Wallace, Mateus Moraes e Roberto (Renan Luís); João Pedro, Bruno Oliveira e Eduardo; Fabinho, Manoel e Marcinho. 

 


Comentários