TSE abre licitação para aquisição de novas urnas

Devido ao fraco movimento, a licitação foi declarada “deserta”

[TSE abre licitação para aquisição de novas urnas ]

FOTO: Getty Images

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou, na segunda-feira (9), a abertura da licitação para a futura aquisição de até 176 mil urnas eletrônicas. A ação, que é realizada pelo sistema de registro de preços, tem como objetivo continuar a renovação do parque de urnas e complementar o quantitativo para suprir o eventual crescimento do eleitorado.

Devido ao fraco movimento no evento, a licitação foi declarada “deserta”. O coordenador de Tecnologia Eleitoral do TSE, Rafael Azevedo, ressaltou que, por ser uma licitação envolvendo técnica e preço, cada empresa deveria apresentar três envelopes lacrados: um de habilitação, outro com a proposta técnica e, o último, de preços. Em julho do ano passado, o TSE homologou contratos para a aquisição de urnas modelo 2020. A estimativa atual de renovação do parque de urnas  é de aproximadamente 300 mil unidades.


Comentários