Vereador de Fortaleza denuncia Prefeitura por gastar R$ 80 milhões para construir hospital de campanha

De acordo com Marcelo Mendes, a cidade tem hospitais habilitados para receber pacientes da Covid-19

[Vereador de Fortaleza denuncia Prefeitura por gastar R$ 80 milhões para construir hospital de campanha]

FOTO: Reprodução

O vereador de Fortaleza Marcelo Mendes (PROS) fez um vídeo denunciando a Prefeitura de Fortaleza por gastar 80 milhões de reais para construir um hospital de campanha no estádio de futebol Presidente Vargas, sendo que, segundo ele, a cidade tem outros hospitais que oferecem condições para atender os infectados pelo novo coronavírus, como a unidade de pronto-socorro dos acidentados. Segundo a denúncia, o local estaria inativo para uso e com cerca de 200 leitos disponíveis para o atendimento das vítimas. No total, o Ceará registra 21 mortes e 550 casos confirmados no estado. 

Os Ministérios Públicos Estadual (MPCE) e Federal (MPF) enviaram um ofício à Secretaria de Saúde de Fortaleza (SMS), no dia 27 de março, requisitando documentos e informações sobre a instalação do hospital de campanha. O pedido inclui o projeto do hospital; estudo de viabilidade e do perfil assistencial; documento de anuência da autoridade sanitária do Estado; se há garantia de mão de obra especializada para implantação dos leitos; aquisição de EPIs e quando será feita a entrega de camas, respiradores e demais equipamentos. O MPCE e MPF também requisitaram esclarecimento sobre os motivos pelos quais a SMS optou por erguer o hospital em vez de ampliar os já existentes, entre outros pedidos.

Sobre esta situação a Secretaria de Saúde de Fortaleza afirmou que a escolha pela construção se deu após análises de locais que teriam as melhores condições para receber a estrutura das unidades de saúde e eficiência nos atendimentos. Além disso, a secretaria informou que já existe um plano de contingência para ampliar os atendimentos em outras unidades, porém eles acreditam que a quantidade não seja o suficiente para atender a demanda. Ainda de acordo com a secretaria, atualmente, a ampliação foi realizada na unidade IJF2, onde dez pacientes já se encontram internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e que já foram aberto mais dez leitos com possibilidade de expandir para 175 unidades até o final de maio. [Veja no vídeo abaixo] 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!