Cacai e Luiza Bauer

Quem é Cacai Bauer em cada plataforma digital?

Esses dias nas redes sociais viralizou uma “modinha” muito legal, onde as pessoas procuravam definir sua personalidade concomitantemente as mídias sociais em que faziam parte, óbvio que Cacai não ficou de fora e postou o seu também. Por mais que isso tenha sido visto como meme para entreter as pessoas, se formos parar para analisar mais afundo, se trata de um retrato das diferentes individualidades de uma mesma pessoa, ou seja, como ela se mostra ou como ela acredita que deve ser vista em cada rede social. 

É interessante quando paramos para pensar na pessoa que você é para com todas as redes sociais em que cria conteúdo, não que isso afira na sua personalidade e sim em relação aos assuntos e temáticas que você aborda em cada uma delas de acordo com o público específico. Ante o exposto, principalmente em se tratando do conteúdo e do nicho da minha irmã, que consta com o seu lado mais voltado para o entretenimento mas também com o lado institucional referente a causa da pessoa com deficiência, é importante que façamos um planejamento e estudo do público alvo de cada plataforma para atingirmos de melhor forma as pessoas que acompanham Cacai. 

Desta forma, o Instagram, o YouTube e demais plataformas de vídeos mais curtos como Tik Tok ou Kwai por exemplo possuem um público mais jovem de faixa etária que varia dos 13 aos 24 anos, logo, utilizamos destas plataformas para postar um conteúdo mais divertido, tais como vídeos de dança, comédias, tutoriais de maquiagem, “skin care”, esquetes, entre outros, que dão um engajamento maior já que agrada este pessoal mais novo.

Além do conteúdo propriamente dito, minha irmã busca ser mais “natural” no Instagram, nos stories por exemplo ela posta o seu dia a dia, aparece com a cara inchada logo que acorda fazendo suas gracinhas, sem muito filtro mesmo já que as pessoas buscam por essa naturalidade, é muito importante que você se aproxime do seu público e que eles te enxerguem em você.

No YouTube por sua vez existe uma preocupação maior com isto, Cacai geralmente aparece mais arrumada e maquiada mas porque ela gosta mesmo, faz um planejamento maior e um roteiro de vídeos, já nos vídeos postados no Tik Tok ou Kwai isso varia desde uns mais naturais àqueles mais planejados já que estas plataformas possuem um conteúdo bastante variado.

Agora, no Facebook a minha irmã apresenta um público de faixa etária mais velha, que varia dos 25 aos 34 anos, então é a plataforma que nos encarregamos de postar um conteúdo mais institucional e divulgar as colunas feito esta que você está acabando de ler já que eu escrevo bastante sobre assuntos muito importantes que precisam ser lidos por pais de pessoas com deficiência e seus filhos, afinal, nosso intuito desde que começamos a seguir juntamente a Cacai na vida do criador de conteúdo para redes sociais e digital influencer sempre foi acima de qualquer coisa ajudar outros atípicos e suas respectivas famílias, os informando e relatando nossa experiência pessoal para que saibam como caminhar e lidar com tudo da melhor forma. 

Em conclusão, no mundo do digital influencer (um trabalho como qualquer outro) é necessário que você faça um planejamento de conteúdo sempre, estude seu público e o que eles mais gostam de ver seja pelo que você posta ou por como você se “porta”, para que você esteja sempre bem engajado, essencialmente se você se encarrega de levantar alguma bandeira de minoria, no caso da minha irmã a dos PCD’s, o mundo precisa vê-los e ouvi-los sempre. 
 


Comentários

Veja Também

[Inspirada nos signos do zodíaco, Marni lança nova coleção de artigos para a casa]

Como parte de seus esforços para preservar as tradições artesanais, a Marni desenvolveu os novos produtos em parceria com um grupo de artesãos colombianos

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!