Kwid elétrico vai mal em teste de colisão antes de chegar ao Brasil

Modelo teve uma de cinco estrelas possíveis no Euro NCAP

Pronto e já confirmado para o Brasil, o Renault Kwid elétrico, comercializado na Europa como Dacia Spring, teve apenas uma de cinco estrelas no teste de colisão do Euro NCAP. 

Conhecido na Europa ele é comercializado sob a bandeira Dacia onde ele é vendido como Spring e tam na China.

O carro teve um desempenho ruim segundo o órgão avaliador. O método de avaliação do mercado europeu é o mais exigente do mundo e não há registro de avaliação no C NCAP (China) ou Latin NCAP (America Latina o que inclui o Brasil). 

No entanto, a própria Renault já anunciou sem detalhes que o carro elétrico não terá o mesmo conjunto oferecido na Europa. Por lá ele tem motor de 33 kW (45 cv) e 12,3kgfm de torque, o que será um desempenho parecido com o da versão flex 1.0 SCe oferecida aqui com 68/71cv e 10kgfm de torque. Aqui especula-se que ele tenha algo mais potente.

O Kwid elétrico europeu tem 230km de autonomia e velocidade máxima de 125km/h. Estes números devem se repetir no mercado nacional onde a Renault promete que seu subcompacto elétrico custará menos de R$ 164,9 mil, preço atual do Jac E-JS1. Na Europa o Dacia Spring custa € 17 mil, cerca de R$ 100 mil em conversão direta.

Nosso Renault Kwid E-Tech será importado da China. Enquanto isso a montadora afirma que terá diversas parcerias para oferecer pontos de recarga em tempo reduzido mas bem distribuídos para atender os consumidores. Em um Wallbox residencial de 7kwh, o carro é completamente recarregado em 4h50.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!