Abaixo do esperado, PIB da China sobe 4,9% no 3º trimestre

Resultado representou uma desaceleração após o avanço de 7,9% no período de abril a junho

[Abaixo do esperado, PIB da China sobe 4,9% no 3º trimestre]

FOTO: Getty Images

Dados oficiais, divulgados nesta segunda-feira (18), mostram que o crescimento econômico da China registrou uma desaceleração mais significativa que o esperado no terceiro trimestre. De acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS), a recuperação da segunda maior economia mundial perdeu força e registrou crescimento de 4,9% do Produto Interno Bruto (PIB) em ritmo anual no terceiro trimestre. O resultado representou uma desaceleração após o avanço de 7,9% no período de abril a junho.

"Devemos considerar que estão aumentando as incertezas no cenário internacional e que a recuperação econômica interna ainda é instável e desigual", afirmou o porta-voz do ONS, Fu Linghui. "O crescimento foi afetado por uma queda no setor imobiliário, amplificado recentemente pelos problemas da Evergrande", explicou Louis Kuijs, diretor para Economia Asiática da Oxford Economics. 

Após a divulgação do PIB, a maioria das ações asiáticas recuou na sessão desta segunda. As dificuldades da gigante imobiliária Evergrande, que acumula dívida de mais de 300 bilhões de dólares, afetaram o ânimo dos possíveis compradores do setor. O Banco Central da China, no entanto, afirmou que qualquer impacto da empresa será controlável. O presidente da instituição, Yi Gang, afirmou no último domingo (17), em um seminário, que as autoridades estão atentas aos problemas com um possível não pagamento de algumas empresas.


 


Comentários