Anvisa afirma que ainda não recebeu dossiê sobre vacina russa

O governo da Bahia irá distribuir o imunizador em 500 voluntários

[Anvisa afirma que ainda não recebeu dossiê sobre vacina russa]

FOTO: Divulgação

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra, afirmou que ainda não recebeu nenhum dossiê com informações sobre a vacina russa contra a covid-19, a "Sputnik V". 

No Brasil, os estados que devem receber os imunizadores, ainda em setembro, são a Bahia e o Paraná. Na última sexta (16), o Governo da Bahia recebeu o protocolo da vacina, que deve ser testada em 500 voluntários no estado.

Em entrevista ao O Globo, Barra disse que ainda aguarda os documentos sobre o imunizador e que a Anvisa já teve contatos com outros grupos interessados em desenvolver ensaios clínicos no país.

"Não temos ainda nem uma página de dossiê a respeito da vacina russa. Das (iniciativas de vacinas) que ainda não estão no Brasil, a que estamos aguardando receber dossiês é essa da Rússia. Outras possibilidades são ainda muito incipientes em nível de conversações, nada de concreto ainda", afirmou Barra.


Comentários