Aplicativo que facilita registro de racismo e intolerância religiosa é classificado no prêmio CNMP

Seu objetivo é facilitar e tornar mais ágil o registro de denúncias anônimas, por pessoas que sofrem racismo e intolerância religiosa

[Aplicativo que facilita registro de racismo e intolerância religiosa é classificado no prêmio CNMP]

FOTO: Divulgação | Shutterstock

Com o objetivo de facilitar e tornar mais ágil e seguro o registro de denúncias anônimas, por pessoas que sofrem ou testemunham crimes de racismo e intolerância religiosa na Bahia, o aplicativo 'Mapa do Racismo' foi classificado para a segunda fase do Prêmio do Conselho Nacional do Ministério Público – CNMP.

A ferramenta possibilita o acesso através de aparelho celular de maneira ágil e segura, o que acarreta melhor eficiência para o cidadão e promotores de justiça, sobretudo nos trabalhos preventivos ou repressivos em articulação do poder público e movimentos sociais.  

A relação dos projetos finalistas está prevista para serem divulgados no dia 12 de julho, os projetos vencedores serão conhecidos no dia 22 de agosto.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!