Avaliamos a nova versão do Hyundai Creta: Smart Plus 2021

Veja como se saiu o Crossover com motor 1.6

O Hyundai Creta tem inúmeras versões e atua em uma ampla faixa de preços: desde o modelo PCD (Personal) por R$ 69,9 mil passando pelos modelos intermediários até o topo de linha Prestige com motor 2.0 (os demais tem 1.6) na faixa de R$ 100 mil, o Crossover é um sucesso de vendas. 

Mês passado a Hyundai lançou a versão Smarr Plus tirando de linha a Smart e a Pulse Plus, posicionado como modelo intermediário na faixa de R$ 92 mil. 

O Farol da Bahia já acelerou a novidade que se destaca pelo espaço interno, potência e relativa economia do motor 1.6 e boa relação custo benefício.

Na linha 2021 o Creta trouxe algumas mudanças visuais bem discretas no para-choque, que na versão avaliada incorpora luzes diurnas em LED. Também tem rodas específicas da versão aro 17, outra vantagem sobre os concorrentes. O porta-malas de 431 litros é um dos maiores do segmento e o entre-eixos de 2,59m também permite boa acomodação dos passageiros. Sem muito alarde a marca melhorou o acabamento da porta traseira que mescla tecido e plástico como no acesso dianteiro.

Boa lista de equipamentos

Bem equipado, o Smart Plus 2021 tem itens como volante revestido em couro, ar-condicionado automático e digital, central multimídia BlueMedia com 7 polegadas com Android Auto, Apple CarPlay e TV Digital, câmera de ré com linhas adaptativas, monitoramento de pressão dos pneus (TPMS) e exclusivos bancos revestidos parcialmente em couro. Também fazem parte do pacote o controle de estabilidade (ESP), controle de tração (TCS), sinalização de frenagem de emergência (ESS), assistente de partida em rampa (HAC), piloto automático com controles no volante, sensores de estacionamento traseiros, vidros elétricos dianteiros e traseiros com função one-touch e antiesmagamento, e ainda abertura e fechamento dos vidros elétricos por meio da chave. Apesar disso, não traz teto solar e há apenas dois airbags.

Motor 1.6 é o mais potente de sua classe 

O motor não muda: 1.6 Kappa 16V flex aspirado de 123/130cv e até 16,5kgfm de torque com câmbio automático de seis marchas. De funcionamento suave, é o mais potente entre os motores 1,6 litro, acima do Renault Duster e Nissan Kicks por exemplo, mas abaixo do Jeep Renegade que tem 139cv mas é um 1,8 litro. De funcionamento mais suave na cidade, marcou consumo de 7,7km por litro com etanol na cidade e 9,5km por litro na estrada durante a nossa avaliação.

O Creta Smart Plus mantém seus melhores predicados e ainda custa menos em termos de manutenção: as seis primeiras revisões custam R$ 3.037,00 e o prazo de garantia é de cinco anos, à frente dos concorrentes que oferecem dois ou três anos. Tendo em vista que o futuro Creta ainda deve demorar a chegar por aqui o Smart Plus sem dúvida é uma boa compra pelos R$ 92,5 mil. Ele custa menos que seus concorrentes na faixa de R$ 95 mil ou até mesmo R$ 100 mil com lista de equipamentos mais generosa com exceção dos airbags e ausência do teto solar ou de um motor turbo que é outra tendência do segmento.

Bom de mercado?
Atualmente o Creta é o terceiro crossover compacto mais vendido do país. Em setembro emplacou 5.402 unidades, bem perto do vice líder Jeep Renegade que registrou 5.748 enquanto o líder foi o Chevrolet Tracker com 6.403 unidades. A reação do Hyundai diante dos concorrentes se deve a velocidade com que a marca mescla versões oferecendo modelos mais equipados que os concorrentes na mesma faixa de preço.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Espetáculo “Refazendo  Salomé ” estreia pelo projeto “Mimus Moatra

O projeto ganhou o Prêmio Jorge Portugal das Artes para apresentar três espetáculos da Mimus Companhia de Arte e uma oficina formativa  no Teatro Gamboa on Line, com os atores, diretores e dramaturgo

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!