Cantora Shakira deve ser julgada por fraude fiscal na Espanha

Cantora é acusada de sonegar 14,5 milhões de euros

[Cantora Shakira deve ser julgada por fraude fiscal na Espanha]

FOTO: Reprodução/Redes Sociais

Depois de três anos, a Justiça da Espanha comunicou, na quarta-feira (28), que existem "indícios suficientes" para que a cantora Shakira seja levada para julgamento por sonegar 14,5 milhões de euros (R$ 83 milhões) em impostos.  

Shakira “teria exigido de pagar impostos na Espanha durante os anos de 2012, 2013 e 2014, mesmo tendo a obrigação de fazer por sua residência fiscal aqui”, afirma o juiz Marco Jesús Juberías, em documento enviado ao jornal El País.

Por causa de uma agenda de shows e apresentações de televisão, a cantora teria ficado 184 dias na Espanha, o que a obrigaria a pagar impostos no país. 

A receita espanhola afirma que a cantora, assistida por outros réus, tentou esconder sua renda através de “uma série de empresas mercantis”, que figuravam como titulares do patrimônio de Shakira. De acordo com a decisão do tribunal, ela só aparecia como a verdadeira dona da conta em situações “de última instância” ou em “empresas sediadas em paraísos fiscais”.

A defesa da cantora, portanto, alega o contrário, que Shakira não deve nenhum valor para a Espanha. “Shakira cumpriu em todos os momentos com suas obrigações tributárias e não deve ser qualquer quantia à Fazenda espanhola.”
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Terapias integrativas promovem qualidade de vida e desenvolvimento para empresas e colaboradores]

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), um dos principais causadores de doenças é o ambiente de trabalho

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!