Corpo de coronel do Exército é furtado de cemitério em Minas

Caso foi descoberto na quarta-feira (22) por funcionários

[Corpo de coronel do Exército é furtado de cemitério em Minas]

FOTO: Magson Gomes / Terra do Mandu

Os restos mortais de um coronel do Exército que foi sepultado há 2 anos foram furtados do Cemitério Municipal de Pouso Alegre, em Minas Gerais. De acordo com informações da Polícia Militar, a suspeita é de que o roubo tenha ocorrido na madrugada da última quarta (22). Um outro jazigo onde está uma mulher também foi violado.
 
Após a descoberta do roubo, a gerência do cemitério acionou a Polícia Militar e a família dona do jazigo. Segundo informações do boletim de ocorrência registrado pela polícia, dois jazigos foram violados, sendo que um deles, onde estava sepultado o Coronel José Delfino da Costa, que morreu no dia 9 de junho de 2020, aos 87 anos, teve a ossada furtada.
 
A suspeita da administração do cemitério é que indivíduos não identificados tenham pulado o muro dos fundos do cemitério, tendo acesso ao local. O túmulo de uma outra mulher, que faleceu em 1995, também foi violado. No entanto, conforme a polícia, a administração do cemitério informou que o ladrão teria revirado os ossos, mas não foi possível afirmar se algum deles foi levado.
 
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!