'Devemos atender a vontade popular', diz Bolsonaro sobre apoiadores desejarem o voto impresso em 2022

Presidente disse que o voto impresso deve ser uma realidade na próxima eleição

['Devemos atender a vontade popular', diz Bolsonaro sobre apoiadores desejarem o voto impresso em 2022]

FOTO: Reprodução

Durante conversa com apoiadores na tarde de ontem (20), o presidente Jair Bolsonaro fez uma pausa para conversar com os apoiadores, que disseram ter o desejo de que as eleições de 2022 tenham o voto impresso. "Estamos orando para isso", disseram.

"Quando nós passamos o cartão de crédito em uma padaria e temos o comprovante de que compramos ali. Quando nós entramos em uma repartição pública, nós temos o comprovante de que fomos lá. Mas quando nós vamos votar, que é o nosso direito e obrigatório, nós temos que ter em mãos um comprovante de quem votamos e quando votamos", comparou um dos apoiadores. 

Em resposta, Bolsonaro disse que vai atender a vontade de povo e tornar realidade o voto impresso a partir da próxima eleição. "O recado que fica é o seguinte: "Não temos que atender a vontade do povo? O ministro não fala sempre que o povo é soberano e que devemos sempre atendê-lo?. Então vamos atender ao povo", ressaltou. 

Ainda em diálogo com os apoiadores, o presidente afirmou que não confia no atual sistema de votos, apesar dele ter sido eleito por ele. "Fui eleito porque tive muito voto. Fui roubado demais. Ninguém reclamou quando votava no 13, mas muita gente reclamou ao votar no 17", disse. 

"Devemos atender a vontade popular. Tenho certeza que o Parlamento vai nos ouvir. Isso é para ser tratado no início do ano que vem e vamos ter o apoio de lá também porque eu acho que é isso que a maioria quer. Não podemos mais ter eleições complicadas em 2022", frisou. 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!