É Canja, é canja, é canja de Galinha! Ou não é?

[É Canja, é canja, é canja de Galinha! Ou não é?]

FOTO: AscomALBA/AgênciaALBA

Mesmo frente as denúncias envolvendo o deputado estadual Kleber Cristian Escolano de Almeida - mais conhecido como "Binho Galinha" - que foi apontado pela Polícia Federal como suspeito de chefiar uma milícia em Feira de Santana, a Assembleia Legislativa da Bahia segue há 14 meses sem instalar a comissão de Ética para tratar do assunto.

No início do mês, a oposição fez uma jogada mestra:  indicou os nomes de sua base que devem integrar a Comissão e deixou no colo do governo, a decisão de ir  adiante - ou não - com o início do processo que pode cassar o mandato do deputado.

Vice-líder do bloco parlamentar dos partidos MDB/PSB/Patriota/PSC/Avante, Binho é - acima de tudo - o segundo deputado mais votado de Feira de Santana, segundo maior colégio eleitoral da Bahia e reduto que o PT segue tentando vencer há anos...

Uma vitória do candidato do partido na cidade - deputado federal Zé Neto - pode enterrar de vez as pequenas chances de ACM Neto na disputa pelo governo em 2026. 

Nos corredores da governadoria, a indicação é  adiar o máximo possível qualquer movimento que possa custar votos ao partido.

E aí, claro, a solução é pressionar a justiça. E porque? Porque com uma sentença, o governo fica livre de qualquer retaliação política e caso "dê ruim" para o "Galinha", Jerônimooooooo e Cia não serão os culpados da "Canja" ficar aguada...


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Com mais de 500 anos de tradição, saiba por que o Brasil possui uma história única no cultivo de vinhos! ]

Sommelière explica a importância da história dos vinhos de mesa para a cultura nacional, e indica rótulos para celebrar os vinhos brasileiros

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!