Edward Snowden critica projeto de lei das fake news no 3º dia de Campus Party

Ativista americano participou de conversa virtual no evento

[Edward Snowden critica projeto de lei das fake news no 3º dia de Campus Party]

FOTO: Reprodução

O ativista Edward Snowden foi o destaque do terceiro dia de Campus Party. O americano vive exilado na Rússia depois de ter revelado um esquema de vigilância e espionagem contra os próprios cidadãos por parte do governo dos EUA. 

"Não me arrependo de nada, a não ser de não ter feito antes. Se tivéssemos feito antes, teríamos podido reagir antes também para que fosse mais efetivo, especialmente reduzindo a quantidade de países que sofreram vigilância em massa", afirmou na Campus Party Digital Edition.

Snowden comentou sobre o projeto de lei das Fake News que é discutido no Brasil atualmente. 

“Eu não tenho detalhes sobre a lei, mas sabendo o estado da democracia no Brasil, não é tão surpreendente assim. Nós vemos essas leis sendo usadas para efeito político e para controlar o entendimento público da realidade”, disse. 

De acordo com o ativista, quem propaga notícias falsas deve ser investigado e punido individualmente de acordo com a lei, mas a estratégia de transformar provedores e plataformas em polícia das fake news ou do discurso de ódio é um erro.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!