Energia gerada por termelétricas tem recorde em julho; geração de hidrelétricas é menor desde 2002

O cenário mostra o reflexo do agravamento da escassez hídrica nos últimos meses, causado pela falta de chuvas

[Energia gerada por termelétricas tem recorde em julho; geração de hidrelétricas é menor desde 2002]

FOTO: Reprodução

O Brasil teve um recorde na geração de energia por usinas termelétricas em julho e a menor produção de energia por hidrelétricas para o mês desde 2002, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). 

A energia gerada nas termelétricas é mais cara e causa aumento no custo da conta de luz.

Esse cenário mostra o reflexo do agravamento da escassez hídrica nos últimos meses, causado pela falta de chuvas. Dessa forma, acaba provocando queda no armazenamento de água nos reservatórios das hidrelétricas.

Para economizar água, o governo aciona mais termelétricas, que geram energia por meio da queima de combustíveis como óleo e gás natural. A ampliação do uso das termelétricas vem gerando aumento nas contas de luz.

Segundo o ONS, as termelétricas geraram 18.625 megawatts-médios (MWmed) em julho de 2021, maior quantidade da história e o dobro do verificado em março deste ano (9.341 MWmed).


Comentários