Energia solar pode reduzir conta de luz em 5,6% até 2031, diz estudo

Crescimento desta fonte de energia pode gerar R$ 86,2 bilhões de investimento para o setor elétrico na próxima década

[Energia solar pode reduzir conta de luz em 5,6% até 2031, diz estudo]

FOTO: José Cruz/Agência Brasil

Um estudo realizado pela Volt Robotics, encomendado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), mostrou que o crescimento da utilização da energia solar em telhados, fachadas e pequenos terrenos pode reduzir em 5,6% o valor da conta de luz até 2031, inclusive para as pessoas que não tem sistema próprio.

Isso aconteceria porque a crescente dessa fonte de energia pode trazer mais de R$ 86,2 bilhões em novos investimentos para o setor elétrico na próxima década. A Absolar indica que este crescimento vai trazer o barateamento de R$ 34 milhões nos custos da energia elétrica do país e, com isso, a incidência de bandeiras vermelhas nas contas deve ser reduzido em cerca de 660% até 2031.

O Plano Decenal de Expansão de Energia 2031 (PDE 2031), produzido pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), indica que, até 2031, a geração solar distribuída saltará dos atuais 11 gigawatts de potência instalada para aproximadamente 37,2 GW. Em maio deste ano, o Brasil atingiu a marca de um milhão de sistemas próprios instalados em telhados e pequenos terrenos.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!