GM vai oferecer versões mais equipadas do Tracker com motor 1.0

Crossover começa a se diversificar mantendo propulsor mais em conta na linha

Ainda sem chegar à liderança dos Crossovers compactos, a GM tem feito de tudo para diversificar o Tracker para alcançar o atual líder T-Cross, e dos bem colocados Renegade, Kicks, Creta e HR-V. 

Cinco meses após o lançamento a GM anuncia mudanças na gama do Tracker. Com isso, o motor 1.0 turbo vai equipar praticamente todas as versões, incluindo a LTZ que antes era vinha 
com o motor 1.2 turbo. Outra novidade é a inclusão versão Premier com motor 1.0 turbo. Com isso a motorização 1.2 turbo equipará somente a variante Premier II. A intenção fica clara em ofertar um modelo com custo menor mas mais equipado.

Segundo a GM, a Tracker Premier equipada com motor 1.2 turbo é a mais procurada da gama, porém as versões com motor 1.0 também foram bem aceitas, por isso a decisão de posicionar a motorização 1.2 somente na versão topo de linha. 

Com isso a versão LTZ 1.0 turbo herdará toda a lista de equipamentos que era usada quando tinha o motor 1.2 turbo a exceção do propulsor de 133cv para o de 116cv mais modesto. 

Os principais itens neste caso são alerta de colisão frontal, assistente automático de frenagem, sensor de ponto de cego, ar-condicionado digital, rodas de liga-leve aro 17”, assistente de estacionamento e outros itens. 

Os preços das versões ainda não foram divulgados. Atualmente o SUV parte de R$ 87.490 na versão 1.0 Turbo manual. 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Marca de cosméticos lança produtos inspirado em Anne Frank e web reage ]

Os internautas alegam que, apesar de inspiradora, a figura de Anne não deveria ser usada para potencializar as vendas de um produto de beleza

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!