JAC Motors reforça portfólio de carros elétricos no país

Em segunda fase a marca de Sérgio Habib planeja expansão eletrificada

Prestes a completar dez anos no mercado brasileiro a JAC Motors vem se reinventando com os modelos elétricos. Hoje com estrutura menor após ter incomodado grandes montadoras a JAC tem vendido alguns SUVs mas está de olho mesmo na fatia dos carros elétricos. 

Recentemente a montadora lançou o SUV médio E-JS4 e o subcompacto E-JS1, que tem o menor preço entre os elétricos fabricados no país e ainda prepara o lançamento do sedã iC5 para o país no ano que vem. Em um evento em São Paulo com a participação do Farol da Bahia a marca detalhou os planos de eletrificação nesta nova fase. 

Na China, a JAC teve uma parte comprada pela Volkswagen, que resultou na criação da SOL, marca idealizada para a fabricação apenas de carros elétricos. Com isso, o grupo SHC, detentora da marca no Brasil, surfou a onda e emplacou diversos modelos por aqui, caso do iEV 40, iEV60, E-JS1, E-JS4 e uma linha completa de caminhões. 

“A JAC ainda prepara diversos lançamentos para o Brasil. Já fechamos importantes parcerias para utilização de nossos veículos para trabalho e queremos expandir ainda mais nossa linha de comerciais leves” comenta Sérgio Habib, CEO do Grupo SHC. 

O R7 Autos já avaliou o E-JS1 e quando as vendas começarem, em outubro, ele terá os emblemas da marca JAC na traseira, a multimídia em português mas algumas mudanças como os freios a tambor na traseira (nesta unidade ele tinha freios a disco nas quatro rodas).

O modelo ainda conta com motor elétrico de 61 cv e 15,3 kgfm de torque. A JAC equipou o E-JS1 com bateria de fosfato de lítio com 30,2KwH e autonomia de 302km. A marca abriu a pré-venda do subcompacto e tem preço de R$ 149.900. 

“O E-JS1 é um marco na história da JAC, com esse lançamento, temos o carro elétrico mais barato do Brasil e apesar do preço, não deixa a desejar em relação a seus concorrentes do segmento” comenta Habib. 

Futuro 

Ainda sem confirmar se o sedã terá o mesmo nome no Brasil, a JAC, representada pelo Grupo SHC no país, revela que o produto tinha tudo para chegar por aqui ainda em 2021, mas problemas com o cronograma impediram seu lançamento. De todo modo, segundo o grupo, o automóvel já está em processo de homologação, que deve ser concluído em breve.
Entre os destaques desse modelo está seu generoso espaço interno, que conta com 2,76m de entre-eixos, e a autonomia, que está acima da média dos modelos comercializados por aqui. Segundo a JAC Motors, o sedã poderá andar até 530 quilômetros em circuito misto de cidade e estrada, ou até 660km se o motorista tiver um modo de condução mais sereno, sem ultrapassar os 60 km/h.

O preço ainda não foi divulgado.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Rionegro e Solimões entram em estúdio para gravação de projeto inédito]

Contando com a produção musical de Junior Melo, a dupla inicia escolha de repertório de novo DVD

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!