Juros do cheque especial e do rotativo tem queda em abril

Projeto sobre teto de 30% segue tramitando no senado

[Juros do cheque especial e do rotativo tem queda em abril]

FOTO: Reprodução/Internet

As taxas de juros mais caras do mercado, do cheque especial e do rotativo no cartão de crédito registraram queda no mês de abril, de acordo com as estatísticas do BC (Banco Central) divulgadas nesta quinta-feira (28). A taxa do cheque especial, que já havia sido limitada a 8% ao mês por determinação do BC e se mantinha em 7,2% nos últimos dois meses, caiu para 6,8%. 

Ao ano, isso representa uma taxa de 119,3%, uma queda de 11,2 pontos percentuais em comparação com março, que registrou juros de 130,5%. A taxa anual dos juros do cartão de crédito na modalidade rotativa (quando o cliente não paga o valor integral da fatura até a data de vencimento) caiu 13,7 pontos percentuais em abril. Em março, a taxa era de 327,1% e reduziu para 313,4% em abril. Na taxa mensal, isso significa uma redução de 0,3%.

As modalidades podem ter novos limites de juros, caso o Senado aprove a proposta que impõe um teto de juros de 30% ao ano para cartões de crédito e cheque especial. A proposta está em discussão, mas ainda não tem data para ser votada e nem consenso sobre a matéria.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Gêmeos que perderam a mãe para a Covid-19 fazem ensaio com presentes do Palmeiras]

clube paulista se sensibilizou com a história e fez uma homenagem à família de Macatuba

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!