Justiça determina que STJ deve analisar decisão de delação contra Cláudio Castro

Bruno Campos Selem acusa Castro de receber R$ 100 mil em propina

[Justiça determina que STJ deve analisar decisão de delação contra Cláudio Castro ]

FOTO: Antônio Cruz/ Agência Brasil

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) decidiu, nessa segunda-feira (4), enviar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a análise sobre a validade de um acordo de delação premiada que atinge o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL).

A defesa entrou com um pedido para anular a delação do empresário Bruno Campos Selem. Ele acusa Castro de receber R$ 100 mil em propina de um fornecedor da Fundação Leão XIII, vinculada ao governo estadual. 

Para a defesa, a delação seria ilegal por ter sido lida por Selem aos procuradores do Ministério Público do Rio, assim o órgão seria incompetente para julgar a ação. O julgamento foi iniciado em maio, mas foi suspenso por dois pedidos de vista.

 


 


Comentários