Lewis Hamilton chama atenção para voz dada a “vozes antigas” da F1

Declaração do atleta de Fórmula 1 ocorreu após ele ser chamado de "neguinho", por Nelson Piquet

[Lewis Hamilton chama atenção para voz dada a “vozes antigas” da F1]

FOTO: Reprodução/R7

O atleta Lewis Hamilton falou pela primeira vez com a imprensa após o episódio em que foi chamado de “neguinho” por Nelson Piquet e defendeu que “vozes antigas” da Fórmula 1 deixem de ter plataforma para expressar ideias retrógradas. A declaração do piloto de F1 ocorreu nessa quinta-feira (30), em momento de preparação para a disputa do GP Grã-Bretanha, em Silverstone.

“Eu não sei por que nós continuamos dando plataforma a essas vozes antigas, porque eles estão falando sobre o nosso esporte e estamos olhando para um local completamente diferente. E isso não representa, eu acho, o que nós somos como esporte agora e onde nós estamos planejando chegar”, comentou o britânico.

“Essas vozes antigas, seja consciente ou inconscientemente, não concordam que pessoas como eu, por exemplo, devem estar em um esporte como esse, não concordam que mulheres estejam aqui”, completou.

A situação ocorreu em um vídeo de 2021 que só ganhou repercussão no último final de semana. No vídeo, Nelson Piquet chama o atleta de "neguinho". O termo racista foi utilizado pelo ex-piloto brasileiro enquanto ele comentava o acidente envolvendo Hamilton e Max Verstappen no GP da Grã-Bretanha do ano passado. “O neguinho meteu o carro e não deixou (Verstappen desviar). O neguinho deixou o carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva” disse Piquet no vídeo. 


Comentários