‘Não é algo terrível’, diz ex-chefe da Fórmula 1 sobre fala racista de Piquet contra Hamilton

Segundo a Fórmula 1, as opiniões de Ecclestone são “pessoais” e não estão alinhadas com os valores do automobilismo

[‘Não é algo terrível’, diz ex-chefe da Fórmula 1 sobre fala racista de Piquet contra Hamilton]

FOTO: Reprodução

O ex-CEO da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, levantou uma polêmica ao minimizar a declaração racista do ex-piloto brasileiro Nelson Piquet sobre o heptacampeão da categoria, Lewis Hamilton. Segundo Ecclestone, o temo não é apropriado, mas não é “algo terrível”.

“Não é apropriado para nós, mas provavelmente não é algo terrível que acontece se você disser isso no Brasil. As pessoas dizem coisas, e falam sobre as outras se estão um pouco acima do peso, ou um pouco abaixo do tamanho como eu", disse em entrevista ao programa inglês Good Morning Britain.

"Tenho certeza de que as pessoas fizeram comentários sobre isso. Se eu tivesse ouvido, seria capaz de lidar com isso sozinho sem muitos problemas”, completou Ecclestone.

Piquet foi acusado de racismo ao se referir a Hamilton como “neguinho”. "O 'neguinho' meteu o carro e não deixou [Verstappen passar]. […] O 'neguinho' deixou o carro, porque não tinha como passar dois carros naquela curva. […] O 'neguinho' fez de sacanagem", disse em entrevista concedida em 3 de novembro de 2021. O vídeo ressurgiu nas redes sociais semana passada e se tornou viral no Brasil.

Diante da polêmica causada pelos comentários feitos pelo ex-chefe da categoria, a Fórmula 1 se posicionou dizendo que as opiniões de Ecclestone são “pessoais” e não estão alinhadas com os valores do automobilismo.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Cirurgia estética vaginal: conheça as opções de procedimentos e indicações! ]

Segundo dados divulgados pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, o Brasil é o país campeão em cirurgias íntimas

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!