MBL acusa Juliette de fazer campanha antecipada para Lula em show em Caruaru e pede multa

O vereador Rubens Nunes e o pré-candidato a deputado estadual Guto Zacarias alegam que houve campanha no show

[MBL acusa Juliette de fazer campanha antecipada para Lula em show em Caruaru e pede multa]

FOTO: Reprodução/Instagram

Integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) protocolaram no Ministério Público Eleitoral (MPE) uma representação contra a cantora Juliette por fazer campanha eleitoral antecipada. 

No documento, o vereador de São Paulo Rubens Nunes e o pré-candidato a deputado estadual Guto Zacarias alegam que a ex-BBB beneficiou a pré-candidatura à Presidência de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante sua apresentação na cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com os políticos, a situação é um "flagrante ato de propaganda eleitoral antecipada e irregular por parte do público presente".

“Foi realizado verdadeiro showmício, pago com verbas públicas, em favor do Representado Lula, o que ofende frontalmente a legislação eleitoral, que veda a realização dessa forma de propaganda eleitoral durante o período de campanha oficial”, diz trecho do documento.

O influenciador digital Felipe Neto, saiu em defesa da cantora nas redes sociais. “Quando você perder, avisa a gente? Brasil está precisando dar risada da cara de pessoas como você”, comentou em uma publicação de Rubens, que é pré-candidato a deputado federal pelo estado de São Paulo.

Logo após, Rubinho respondeu a postagem também em tom de provocação. "Opa, Felipe! Ficou tristinho que seus amigos não vão mais poder usar dinheiro público para sinalizar apoio ao cachaceiro? E fica tranquilo! Para o Brasil rir, basta você sair da banheira de Nutella e fingir que é inteligente, ou armar entrevista falando que está solteiro", postou o vereador.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!