Moraes pede análise de vídeo em que Jefferson teria descumprido medidas cautelares

Polícia deve fazer perícia em áudio supostamente entre o ex-deputado e visitas, que são proibidas

[Moraes pede análise de vídeo em que Jefferson teria descumprido medidas cautelares ]

FOTO: Valter Campanato/Agência Brasil

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou nesta sexta-feira (5) que a Polícia Federal elabore, em 5 dias, um laudo sobre um vídeo em que o ex-deputado Roberto Jefferson supostamente descumpre medidas cautelares. 

Na gravação, investiga-se um áudio em que o ex-deputado supostamente fala que recebe visitas e passa orientações a dirigentes do PTB.

Jefferson está em prisão domiciliar desde janeiro e é proibido receber visitas, dar entrevistas ou se comunicar com pessoas investigadas no mesmo processo que ele.

Em 2021, o ministro Alexandre de Moraes afastou Jefferson da presidência do PTB, atendendo a um pedido de deputados estaduais e federais. Nesta semana, a convenção do PTB aprovou o nome de Jefferson  para ser candidato do partido à Presidência. A candidatura deve ser discutida pela Justiça Eleitoral. 


Comentários