MS autoriza uso de Pfizer como segunda dose para grávidas que tomaram AstraZeneca

Nota técnica diz que na falta da Pfizer, deve ser utilizada CoronaVac

[MS autoriza uso de Pfizer como segunda dose para grávidas que tomaram AstraZeneca]

FOTO: Reprodução/Banco de Imagens

Em nota técnica divulgada nesta sexta-feira (23), o Ministério da Saúde autorizou que grávidas e puérperas que receberam primeira dose da AstraZeneca contra a Covid-19 recebam a Pfizer como segunda dose. No caso de falta, deverá ser aplicada a CoronaVac. 

A nota foi elaborada pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 e assinada pela secretária Rosana Leite de Melo. O texto diz que não é recomendado o uso de vacinas diferentes, mas que é permitido em casos de exceção, como contraindicações específicas ou falta de outro imunizante. 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!