No dia da democracia, Barroso afirma que ela se encontra sob ataque em função de populismo, extremismo e autoritarismo

Ministro diz que o regime é a melhor forma de governo, mas não necessariamente o mais fácil

[No dia da democracia, Barroso afirma que ela se encontra sob ataque em função de populismo, extremismo e autoritarismo]

FOTO: Fernando Frazão/Agência Brasil

Nesta quarta-feira (15), o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), fez um pronunciamento em comemoração ao Dia da Democracia. O ministro falou que votos, direitos fundamentais, debate público de qualidade, valores, tolerância e respeito formam o atual regime de governo.

Barroso também afirmou que a democracia contemporânea se encontra sob ataque em razão de funções como populismo, o extremismo e o autoritarismo. Para o presidente do TSE, a democracia é considerada universalmente o melhor regime de governo, mas não necessariamente o mais fácil. Porque a envolve o pluralismo e a diversidade de visões do mundo, solicitando o respeito às opiniões contrárias. "Não é o regime do consenso, mas aquele em que a divergência é absorvida de maneira institucional e civilizada. Sua preservação depende de instituições fortes, sociedade civil mobilizada e imprensa livre", declara o ministro. 

 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!