PGR arquiva investigação contra conduta de Bolsonaro em atos antidemocráticos

Ação se refere a participação de Bolsonaro em atos que pediam fechamento do Supremo Tribunal Federal

[PGR arquiva investigação contra conduta de Bolsonaro em atos antidemocráticos]

FOTO: Agência Brasil

A Procuradoria-Geral da República arquivou a investigação contra conduta do presidente Jair Bolsonaro. O caso se refere aos atos antidemocráticos em 3 de maio, em que bolsonaristas pediam pediam o fechamento do Supremo Tribunal Federal e instituição de um golpe militar. 

“A realização dos tipos previstos na Lei 7.170/1983 exige, ainda, a lesão real ou potencial à integridade territorial, à soberania nacional, ao regime representativo e democrático, à Federal ou ao Estado de Direito”, afirmou o procurador Aldo de Campos Costa.

De acordo com informações da coluna Radar, de Veja, a PGR entendeu que não houve crimes na conduta do presidente, que reclamou de “interferência”.

“Nós queremos o melhor para o nosso país. Queremos a independência verdadeira dos três poderes e não apenas uma letra da Constituição, não queremos isso. Chega de interferência. Não vamos admitir mais interferência. Acabou a paciência. Vamos levar esse Brasil pra frente”, disse o presidente.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!