Pós-doutorado está registrado em cartório, assegura futuro ministro do MEC

Carlos Alberto Decotelli também nega plágio em tese de doutorado

[Pós-doutorado está registrado em cartório, assegura futuro ministro do MEC]

FOTO: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O novo ministro da educação, Carlos Alberto Decotelli, negou nesta segunda-feira (29) que tenha feito plágio na tese de mestrado que consta em seu currículo. Ele também disse que se mantém no cargo, apesar das polêmicas causadas por sua formação acadêmica, que não teria validação das instituições internacionais citadas. Sobre o pós-doutorado, também negado pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha, Decotelli disse que fez uma pesquisa orientada conforme a instituição e que concluiu o trabalho que está registrado em cartório.

"Mestrado a gente lê muito", falou sobre as acusações de que teria plagiado na tese, defendida na Argentina, ou seja, copiado sem citar a fonte de outros trabalhos. "É possível haver distração nas anotações", explicou.  

A posse de Decotelli estava marcada para esta terça-feira (30), mas o Palácio do Planalto suspendeu a cerimônia. Em coletiva, ele confirmou ter cursado a pós-graduação em doutorado na Universidade de Rosário, mas sem aprovação na tese apresentada. Decotelli comentou que teve "dificuldade financeira pessoal" para retornar à Argentina para fazer uma nova defesa da tese conforme orientação da banca, mas que ficou "com o diploma de crédito concluído".

"O curso de pós-graduação com todas as notas, com todas as disciplinas concluída, com todas aprovadas e registradas, caderneta, frequência, toda estrutura da secretaria da Universidade de Rosário estão lá, com papéis disponíveis", falou.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Thelminha Assis reproduz foto da primeira modelo negra a ser capa da 'Vogue' em 1966]

A modelo Donyale Luna fez história na década de 60, entrando para o time das grandes modelos

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!