Ransomware foi o ataque mais usado contra empresas brasileiras em 2021

Malware ajuda os cibercriminosos a roubar e criptografar arquivos de empresas

[Ransomware foi o ataque mais usado contra empresas brasileiras em 2021]

FOTO: Reprodução

No primeiro trimestre de 2021, o Brasil foi líder no ranking de ataques cibernéticos, sendo vítima de 3,2 milhões de tentativas. Esse número é quase metade das 7 bilhões de tentativas notificadas em toda a América Latina. Um levantamento da Eskive apontou que a maioria desses ataques são do malware ransomware, no qual o criminoso rouba e criptografa arquivos de grandes empresas.

Com isso, as empresas são pressionadas a realizarem pagamentos milionários de resgate. De acordo com a SonicWall Capture Labs, houve um aumento de 90% em ataques desse tipo entre 2020 e este ano. 

“Os ataques são sofisticados e têm grande potencial de causar enormes perdas financeiras e de imagem para a empresa vítima. A brecha para invasão aos sistemas da empresa é, geralmente, causada pelo descuido ou falta de preparo dos usuários em identificar uma ameaça”, afirma a cofundadora e CEO da Eskive, Priscila Meyer, ao TecMundo.

Meyer ainda conta que os dados alarmantes evidenciam o pouco cuidado das empresas com este tipo de ataque, já que o fator humano é considerado o principal braço vulnerável em sistemas de segurança. “Diante disso, as empresas estão cada vez mais entendendo a necessidade de conscientizar seus funcionários para que se tornem a principal camada de proteção de seus dados”.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!