Renault Captur ganha motor 1.3 na Rússia: aqui ele chega em 2021

SUV compacto tem novo motor e opção 4X4 nas versões topo de linha

A Renault apresentou na Rússia uma atualização do SUV Captur, mais um derivado da plataforma B0 (Logan, Sandero, Duster e Oroch) com atualizações importantes na estrutura, visual e principalmente no motor.

A plataforma é a mesma usada aqui no Brasil, porém 12% mais rígida. Por fora se destaca uma grade com barras cromadas mais largas e alternadas em um estilo parecido ao já usado pelo Duster. Os farois também ganham um conjunto interno diferenciado com LEDs e luzes diurnas mas mantém seu formato afilado. 

Internamente o Captur que é escrito como Kaptur na Rússia ganha atualizações de multimídia e mais equipamentos como a direção elétrica (que já temos no Duster), ajuste de altura e profundidade da coluna de direção, som Bose, bancos em couro, câmera 360 graus e dois pontos USB para o banco traseiro, itens já adotas na versão de lançamento chamada "Edition One". Originalmente o Captur conta com quatro airbags no mercado russo enquanto na Europa são seis bolsas.

A maior novidade está no motor 1.3 turbo 150 cv e 25,5 kgfm de torque desenvolvido em parceria com a Mercedes-Benz que chegará aqui possivelmente no ano que vem com fabricação local. Na Rússia há opção desse motor com tração integral e unicamente câmbio automático CVT. As versões mais em conta tem motor 1.6 e opção de câmbio manual além do CVT.

A Renault não especifica uma data de chegada do novo Captur ao Brasil mas tendo em vista a intenção da marca de produzir os motores turbinados localmente e a necessidade de atualizar seu segundo SUV é quase certa sua estreia por aqui.

 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Corrente do bem: Nike Inc. anuncia doação de US$40 milhões em apoio à comunidade negra]

O dinheiro será destinado a diversas organizações que promovem a justiça social, trabalham contra a desigualdade racial

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!