Roteirista Jorge Furtado participa de curso inédito de criação de roteiro na nova plataforma b_arco on

Aos detalhes...

[Roteirista Jorge Furtado participa de curso inédito de criação de roteiro na nova plataforma b_arco on]

FOTO: Divulgação

O diretor e roteirista Jorge Furtado (“Meu Tio Matou um Cara”, “Rasga Coração”) se une ao Centro Cultural b_arco, Casa de Cinema de Porto Alegre e Projeto Paradiso para promover um curso inédito de criação de roteiro. Com início para 16 de março, o curso será dividido em 27 aulas, que podem ser assistidas onde quiserem, inaugurando um novo formato de cursos gravados: o b_arco on. Aproximadamente 230 vagas serão destinadas para instituições e ONGs parceiras do Projeto Paradiso como uma forma de ampliar e democratizar o acesso ao conteúdo.  Até o dia  anterior ao início do curso o o público poderá se inscrever no site do b_arco (https://barco.art.br/curso-roteiro-jorge-furtado/) e assistir uma aula teaser gratuita.A realização é do Centro Cultural b_arco, Casa de Cinema de Porto Alegre e do Projeto Paradiso, iniciativa filantrópica de apoio ao audiovisual nacional, mantido pelo Instituto Olga Rabinovich.

As aulas abordam temas fundamentais do roteiro cinematográfico – os elementos da linguagem, as etapas de desenvolvimento do roteiro, os personagens, a trama, as cenas, os diferentes gêneros e formatos, por exemplo – o curso também traz exemplos práticos, ilustrados com cenas de filmes ou séries.

Resumo:

Duração: 09 horas de conteúdo exclusivo

Aulas: 27 aulas gravadas em torno de 30min

Certificado: Curso com certificação b_arco

Sobre o diretor:

Jorge Furtado é um cineasta brasileiro com extenso trabalho na televisão e no cinema, sendo um dos mais importantes e premiados roteiristas e diretores do país. Dirigiu e escreveu roteiros como “Ilha das Flores”, “O Homem Que Copiava”, “Lisbela e o Prisioneiro”, “Meu Tio Matou um Cara”, “Saneamento Básico” e “Rasga Coração”. Também escreveu roteiros e dirigiu muitas séries, minisséries e especiais para a televisão, entre elas “Agosto”, “Memorial de Maria Moura”, “Comédias da Vida Privada”, “A Invenção do Brasil”, “Cidade dos Homens”, "Ó Paí Ó", “Cena Aberta”, “Decamerão”, “Doce de Mãe”, “Mister Brau”, “Sob Pressão”, “Todas as mulheres do mundo” e “Amor e Sorte”. 

Seus filmes foram premiados em importantes festivais nacionais e internacionais. Mostras e retrospectivas do seu trabalho foram apresentadas em Hamburgo, Rotterdam, Tóquio, São Paulo, Rio de Janeiro, Montevidéu, Paris, Londres, Bruxelas, Lisboa e Harvard. Suas séries de televisão receberam 4 indicações para o Emmy internacional. “Doce de Mãe” ganhou o Emmy internacional de Melhor Comédia e deu a Fernanda Montenegro o Emmy de Melhor Atriz, a primeira latino-americana a receber o prêmio. 

Jorge Furtado nasceu em Porto Alegre, em 1959. Começou sua carreira profissional na TV Educativa, no início dos anos 80. Foi repórter, apresentador, editor, roteirista e produtor. Em 1987, foi um dos fundadores da “Casa de Cinema de Porto Alegre”. 

Foi professor em cursos de extensão de universidades federais do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais; no curso de Pós-Graduação em Cinema da Universidade Tuiuti, Curitiba; professor convidado do curso de roteiro da Escuela Internacional de Cine Y Television, Havana, Cuba. Atualmente, concilia sua atuação como roteirista e diretor com palestras sobre cinema, seminários, oficinas e cursos em espaços como o Centro Cultural b_arco.

Sobre o Centro Cultural b_arco

O b_arco é um espaço que une educação e arte criado para transmitir e aprofundar conhecimento, desenvolvendo pesquisas e produzindo conteúdo nas mais diversas formas de expressão cultural. Um lugar de debate, reflexão e criação que há mais de 14 anos fomenta o intercâmbio permanente entre pu?blico, artistas e agentes culturais.

Desde 2020, está realizando sua programação de cursos inteiramente online através de videoconferências. Com o sucesso dos cursos ao vivo online, em 2021, o b_arco lança o b_on, que pretende ser uma plataforma de cursos, com as aulas gravadas e disponibilidade de 1 ano para aproveitar o conteúdo! Este primeiro curso, lança um novo momento para a programação do b_arco, que traz sua expertise em produção de conteúdos para uma nova maneira on demand de aproveitar os cursos online b_arco.

Sobre a Casa de Cinema de Porto Alegre

A Casa de Cinema de Porto Alegre foi criada em dezembro de 1987, por um grupo de cineastas gaúchos que já trabalhavam em conjunto desde o início dos anos 80. A partir de 1991, a Casa de Cinema de Porto Alegre se tornou uma produtora independente, tendo produzido dezenas de filmes e vídeos, além de programas de televisão (especiais e séries), cursos de roteiro e de introdução à realização cinematográfica, fóruns de debates e programas eleitorais para TV.

A Casa de Cinema já teve como parceiros e clientes: Chanell 4 (Inglaterra), ZDF (Alemanha), HBO (America Latina), Fox Film do Brasil, Columbia Tristar, Sony, Fundação MacArthur, TV Globo, RBS TV, Canal Futura, Canal Brasil, Canal Curta, entre outros. A capacidade dos profissionais associados, atestada pelos prêmios em festivais nacionais e internacionais, transformou a Casa de Cinema de Porto Alegre numa referência de cinema brasileiro contemporâneo. Neste projeto com Jorge Furtado, um dos quatro sócios da Casa de Cinema, a instituição contribuiu com a produção audiovisual e realização do curso.

Sobre o Projeto Paradiso

O Projeto?Paradiso, uma iniciativa filantrópica do Instituto Olga?Rabinovich, investe em formação profissional e geração de conhecimento com programas de bolsas e mentorias, além de cursos, seminários e estudos. Focado na internacionalização, o Projeto?Paradiso?atua por meio de parcerias com instituições de referência no Brasil e no mundo, criando oportunidades para profissionais em diferentes fases da carreira.? 

Em quase dois anos de existência do Projeto?Paradiso?são 51 profissionais brasileiros do audiovisual beneficiados, 14 projetos selecionados pela Incubadora?Paradiso, 34 bolsas de estudo internacionais, 44 instituições parceiras, além de 10 cursos e?masterclasses?oferecidos.?

Em 2019, o Instituto ofereceu o Prêmio de Roteirista do Ano no 3º Prêmio ABRA - Associação Brasileira de Autores Roteiristas, para Jorge Furtado, que propôs utilizar o prêmio para desenvolver um curso. Agora, o Projeto Paradiso é um dos realizadores de “Roteiro: do início ao fim, passando pelo meio'', lançado em parceria com o b_arco e a Casa de Cinema de Porto Alegre.

O Projeto Paradiso visa democratizar o acesso ao curso, oferecendo bolsas integrais para cerca de 30 instituições do audiovisual nacional em diversas regiões do país.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[“Gordinha” de Eliana Kertész recepciona passageiros no Aeroporto de Salvador ]

Inspirada na escultura de "Salomé”, peça celebra os vinte anos da obra original 

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!