"Sinovac ofereceu vacina pela metade do preço", diz Bolsonaro

O governo enviou a proposta à CGU, ao Ministério da Justiça e ao TCU para apurar por que existe essa diferença nos preços

[

FOTO: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (22), que o laboratório chinês Sinovac ofereceu ao governo federal a vacina CoronaVac pela metade do preço cobrado pelo Instituto Butantan. 

Segundo Bolsonaro, o governo enviou a proposta à Controladoria-Geral da União, ao Ministério da Justiça e ao Tribunal de Contas da União para apurar por que existe essa diferença nos preços e se há irregularidade no acordo de aquisição da vacinas. 

"Por que a matriz nos oferece a vacina pronta a US$ 5 e eles, Butantan, ao receber o IFA da China, nos revende a US$ 10, pode ser que não haja nada de errado nisso tudo, mas o Butantan nunca nos apresentou a planilha de preço. Pelo que tudo indica no momento é algo assustador."  

O chefe do Executivo afirmou que o governo não respondeu à Sinovac.  

"Não vou comprar algo que a população não quer tomar", disse o presidente, dando a entender que a CoronaVac não tem qualidade e é rejeitada pelos brasileiros.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Babado! Xuxa perde processo e terá que indenizar Carla Zambelli]

Xuxa lançou o livro Maya, voltado para crianças e com temática LGBTI. Zambelli comentou o lançamento associando a obra à pedofilia

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!