Um leão para Deus e outro para o Diabo

[Um leão para Deus e outro para o Diabo]

FOTO: Reprodução

Os movimentos combinados dos dois leões da política baiana, a desistência do vice-governador João Leão de disputar o Senado Federal e o ato de indicar seu filho, o deputado federal Cacá Leão, para ocupar a vaga na chapa de ACM Neto (União Brasil), foram muito bem calculados! 

Conforme antecipado pelo Farol da Bahia, a estratégia de Leão é: ao sair candidato a deputado federal, o Bonitão não precisaria fazer campanha contra Lula e, caso o ex-presidente seja eleito, ele ocuparia a presidência da Câmara Federal. Sonho dourado dos felinos baianos. 

Já para Cacá, a missão dada foi levar parte dos votos de João Roma para o pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (UNIÃO) que, prontamente e mostrando todos os dentes da boca, comemorou a troca do pai pelo filho. A resenha "vozinho-netinho dançando piseirinho" não estava confortável e era visível que a liga não "colou" na duplinha fofa.

Apesar de ter declarado voto em Lula, Cacá também se coloca como bolsonarista e este fato fará com que ACM Neto tenha ligação direta com o atual presidente sem ter que "sujar as mãos" e anunciar apoio público a Bolsonaro. 

Não à toa Neto chegou a falar publicamente que Cacá era o seu “candidato ao Senado dos sonhos”. Afinal — na política baiana — vale muito ter leões que acendam velas tanto para Deus quanto para o Diabo.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!