Vídeo: em depoimento, Witzel chora ao se defender em processo de impeachment

Governador do Rio de Janeiro está afastado do cargo

[Vídeo: em depoimento, Witzel chora ao se defender em processo de impeachment]

FOTO: Reprodução

Durante interrogatório de defesa do processo de impeachment realizado nesta quarta-feira (7), o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), chorou e disse ser "cruel" o que estão fazendo com a família dele. "O que estão fazendo com a minha família é muito cruel, senhor presidente. É muito cruel o que estão fazendo com a minha esposa. Mas eu decidi deixar a magistratura por um ideal, para que eu pudesse ajudar o povo do Rio de Janeiro. Por uma mudança. Por um futuro melhor", disse Witzel. 

O governador está afastado do cargo desde agosto de 2020, por determinação do Superior Tribunal da Justiça. Ele foi denunciado pelo Ministério Público e se tornou réu pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, após investigações identificarem desvios de recursos na área da saúde do Rio de Janeiro durante a gestão da pandemia da Covid-19.


Comentários