Vídeo: Professora da UESB deseja morte de alunos ricos em redes sociais

Adriana Abreu afirmou, em nota, que seu comentário foi tirado do contexto

[Vídeo: Professora da UESB deseja morte de alunos ricos em redes sociais]

FOTO: Reprodução / Youtube

A professora universitária Adriana de Abreu desejou, em suas redes sociais, na última quarta-feira (10), a morte de crianças de famílias ricas. Ele leciona no Departamento de Ciências Humanas e Letras da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). 

“Se morresse bastante filhos de ricos aí sim nivelaríamos de forma mais humana. Que morram então”, escreveu a educadora em um Fórum de discussão no Facebook. 
A professora usou o comentário para responder a uma jornalista que criticou a demora do retorno às aulas presenciais na Bahia. 

A educadora apagou o comentário. Adriana Abreu dar aulas de literatura brasileira na UESB. Um levantamento realizado pelo jornal Gazeta do Povo mostrou que a professora recebeu, entre 2014 e 2017, R$ 53,6 mil em bolsas de pesquisas científicas pela coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior.

Em nota, após a repercussão, Adriana Abreu afirmou que o seu post foi tirado do contexto.

O deputado federal do PSL do Rio de Janeiro, Carlos Jordy, afirmou na sua conta do Twitter que entrou com uma representação junto ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra Adriana, por seu comentário contra a reabertura das escolas, ao desejar a morte dos filhos de ricos.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!