45% dos pacientes com Covid-19 têm perda do paladar, aponta estudo da UnB

Pesquisa ainda indica possibilidade de candidíase e outras lesões na boca

[45% dos pacientes com Covid-19 têm perda do paladar, aponta estudo da UnB]

FOTO: Divulgação

Uma pesquisa feita pelos pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) diz que 45% dos pacientes diagnosticados com a Covid-19 em todo o mundo apresentaram perda de paladar. Além disso, a pesquisa indica a possibilidade de candidíase e outras lesões na boca durante o período de infecção pelo novo coronavírus.

Foram analisados 40 estudos publicados em todo o mundo. Segundo a análise, a perda de paladar é o sintoma oral mais frequente nos casos de Covid-19 e ocorre principalmente na América e a Europa, onde foi percebida em 53% e 50% dos casos, respectivamente. Já na Ásia, a taxa cai para 27%.

Os pesquisadors revelam que as características genéticas de cada população baseiam o desenvolvimentos destes problemas. O levantamento aponta ainda que as desordens no paladar apareceram mais em mulheres e nos casos de infecção moderada. 

A pesquisadora Eliete Guerra, uma das responsáveis pelo trabalho, diz que algumas das hipóteses levantadas para o surgimento do sintoma são associação com o uso de medicamentos ou uma inflamação nos botões gustativos causada pelo Sars-Cov-2 – vírus que provoca a Covid-19.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!