Aras tira Deborah Duprat de conselho de Direitos Humanos

PGR destituiu subprocuradora, que era vice-presidente do colegiado

[Aras tira Deborah Duprat de conselho de Direitos Humanos]

FOTO: Agência Brasil

A subprocuradora Deborah Duprat foi destituída do cargo que ocupava no Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), vinculado ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH). A decisão é do procurador-geral da República, Augusto Aras. 

Em ofício divulgado nesta segunda-feira (2), Aras informou ao conselho que ele representará o Ministério Público Federal (MPF) na entidade e que, em suas ausências, quem ocupará a vaga de Deborah será o secretário de Direitos Humanos da Procuradoria Geral da República (PGR), Aílton Benedito. 

Deborah era a atual vice-presidente do órgão e deveria assumir a presidência da entidade no ano que vem. A troca surpreendeu o presidente do Conselho, Leonardo Pinho, que pediu esclarecimentos à PGR.

Deborah Duprat é chefe da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), um dos braços do MPF com forte atuação na defesa dos direitos humanos. 

A destituição de Deborah é vista como mais uma medida para impedir que ela assumisse o comando do conselho. Como a presidência do CNDH é rotativa, a previsão era que ela assumisse o comando do órgão em 2020. Em 26 de novembro, no entanto, a ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, enviou um ofício à PGR pedindo que o órgão abrisse mão da presidência do conselho no ano que vem em favor do seu ministério.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!