Aras tira Deborah Duprat de conselho de Direitos Humanos

PGR destituiu subprocuradora, que era vice-presidente do colegiado

[Aras tira Deborah Duprat de conselho de Direitos Humanos]

FOTO: Agência Brasil

A subprocuradora Deborah Duprat foi destituída do cargo que ocupava no Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), vinculado ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH). A decisão é do procurador-geral da República, Augusto Aras. 

Em ofício divulgado nesta segunda-feira (2), Aras informou ao conselho que ele representará o Ministério Público Federal (MPF) na entidade e que, em suas ausências, quem ocupará a vaga de Deborah será o secretário de Direitos Humanos da Procuradoria Geral da República (PGR), Aílton Benedito. 

Deborah era a atual vice-presidente do órgão e deveria assumir a presidência da entidade no ano que vem. A troca surpreendeu o presidente do Conselho, Leonardo Pinho, que pediu esclarecimentos à PGR.

Deborah Duprat é chefe da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), um dos braços do MPF com forte atuação na defesa dos direitos humanos. 

A destituição de Deborah é vista como mais uma medida para impedir que ela assumisse o comando do conselho. Como a presidência do CNDH é rotativa, a previsão era que ela assumisse o comando do órgão em 2020. Em 26 de novembro, no entanto, a ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, enviou um ofício à PGR pedindo que o órgão abrisse mão da presidência do conselho no ano que vem em favor do seu ministério.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[TV Globo contrata Rafa Kalimann com foco de tornar a vice-campeã do BBB20 na nova Grazi ]

Segundo a assessoria da TV Globo, a emissora traçou um plano de desenvolvimento de formação artística da influencer com renomados profissionais

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!