Busca por dólar e euro registra alta no primeiro semestre de 2022

Segundo Abracam, motivo se dá pela retomada de viagens após restrições da pandemia

[Busca por dólar e euro registra alta no primeiro semestre de 2022]

FOTO: Shutterstock/Reprodução

As casas de câmbio apontaram uma alta na procura pelo dólar e pelo euro no primeiro semestre deste ano. Estima-se que a busca se deu pela reabertura de fronteiras e retomada das viagens após o período reprimido da pandemia do coronavírus. No total, a moeda norte-americana teve alta de 250%, enquanto o euro aumentou em 1.100%, de acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira de Câmbio (Abracam) a pedido da CNN Brasil. 

Apesar da recuperação, na comparação com o ano de 2021, os índices ainda estão abaixo do nível pré-pandemia. Ao ser comparado com 2019, por exemplo, o setor tem um volume de 50% menor para o dólar e 60% menor para o euro. 

Um levantamento da plataforma Melhor Câmbio, especialista em cotação de câmbio turístico, apontou que a compra da moeda norte-americana gerou um valor de R$ 372,6 milhões nos primeiros seis meses de 2022. Já o euro chegou a registrar R$ 247 milhões, no primeiro semestre deste ano.

De modo geral, a pesquisa somou mais de 47 mil negociações somente pela procura do dólar, em 800 casas de câmbio espalhadas pelo país. No mesmo período de 2021, os números fecharam em 10.923 movimentações de compra.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!