Cobertura nacional de vacinação fica abaixo de 60% durante a pandemia, aponta SBIm

A vacinação contra a hepatite B atingiu apenas 45% das crianças com até dois anos de idade

[Cobertura nacional de vacinação fica abaixo de 60% durante a pandemia, aponta SBIm]

FOTO: Agência Brasil

A cobertura nacional de vacinação ficou abaixo do esperado para o ano e a distribuição dos imunizadores do calendário básico do Programa Nacional de Imunização (PNI) ficou abaixo de 60% durante a pandemia. A informação foi divulgada na terça (15), pela Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm).

Dentre os principais fatores que podem ter resultado nos números negativos estão o medo de contaminação pela covid-19 e o isolamento social.

De acordo com dados da SBIm, em agosto, nenhuma cobertura para crianças com até 2 anos atingiu 60% do público-alvo no período, que fechou com 45,35%  no caso da hepatite B; em 51,75% na primeira dose da poliomielite e 45,23% na segunda dose. Além disso, o reforço da tríplice viral fechou em apenas 44,34%. 

Apenas 10% das gestantes tomaram a vacina da tríplice bacteriana acelular (dTpa) em agosto. A vacina é essencial para prevenir doenças como difteria, tétano e coqueluche.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Com nove metros quadrados de altura, maior fonte de chocolate no mundo é inaugurada na Suíça]

O interior do museu é formado por escadas em espiral, pilares cilíndricos e varandas curvilíneas que lembram os bombons tradicionais da Lindt

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!